Aqui estão os 80% de INPUT do seu treinamento! 

Essa é a parte do treinamento na qual você RECEBE & ABSORVE o input, e esse input que você recebe pode vir de forma FALADA ou ESCRITA. Ou seja, treinamento passivo é OUVIR (“listening”), LER (“reading”) e OBSERVAR.

POR QUE COMEÇAR COM ÁUDIO TEXTOS & PODCASTS – em vez de música, filmes e seriados?

“Falar é uma CONSEQUÊNCIA da aquisição da nova língua, NÃO a causa.” Aprender a falar é um RESULTADO de OUVIR MUITO! Tendo dito isso, podemos seguir em frente agora.

Na empreitada de adquirir uma segunda língua, devemos IMITAR OS BEBÊS aprendendo sua primeira língua. Aprender uma língua significa adquirir um TALENTO, e esse novo talento é composto por QUATRO HABILIDADES, respeitando a seqüência:

1º – COMPREENSÃO DOS SONS (treinamento passivo)
2º – FALA (treinamento ativo)
3º – LEITURA (treinamento passivo)
4º – ESCRITA (treinamento ativo)

Os bebês não falam NADA que não tenham ouvido repetidas vezes!

Eles passam vários meses ouvindo palavras cujo significado eles não conhecem e precisam usar de seu grande poder de ASSOCIAÇÃO para aprenderem esses significados. Então, vamos imitar os bebês e começar pela compreensão dos sons – começaremos pelos OUVIDOS, pela audição, e não pela boca, pela fala.

Você pode argumentar que os bebês não ficam só OUVINDO, que eles também testemunham tudo com os olhos ao mesmo tempo que ouvem. CORRETO! Entretanto, não podemos esquecer que os bebês se expõem à sua primeira língua TODO DIA em TEMPO INTEGRAL e, mesmo assim, demoram mais de um ano para começar a falar alguma coisa.

Eu recomendo iniciar com a utilização de ÁUDIO TEXTOS a fim de acelerar todo o processo, pois você já sabe ler e escrever então não precisa se expor nem um segundo ao som de palavras cujo significado você não conhece. Você vai traduzir o texto inteiro ANTES de dar play no áudio, sacou? Isso te poupa MUITO TEMPO!

Você pode então argumentar que poderia usar filmes e seriados com o mesmo propósito. Correto novamente, mas é necessário se expor DEZENAS DE VEZES ao mesmo material em um mesmo dia. Quanto mais extenso for o material, menos vezes você consegue se expor a ele durante o seu dia-a-dia.

Filmes e seriados são muito longos se comparados a áudio textos e podcasts. Lembre-se que o nosso objetivo é ACELERAR o processo pelo qual você passou ao aprender a sua primeira língua, o PORTUGUÊS.

Você consegue se expor dezenas de vezes a um mesmo áudio texto curto durante um dia, mas já fica impossível fazer isso com um filme ou com um episódio do seu seriado favorito. Agora, um arquivo de mp3 você pode levar pra todo lado no seu celular, no seu mp3 player, walkman, num pendrive (pro USB do seu carro), etc – e pode acessá-lo com um simples fone de ouvido.

CANTANDO SUA MÚSICA FAVORITA… 100% CONSCIENTE DO QUE ESTÁ CANTANDO

Há vários momentos ‘NÃO-PRODUTIVOS’ no seu dia-a-dia. APROVEITE ESSES MOMENTOS! Basta ter DISCIPLINA! Sem disciplina, NÃO FUNCIONA!

Quais são esses momentos ‘não-produtivos’? Enquanto dirige seu carro, ou enquanto vai ao supermercado ou à padaria do bairro, ou enquanto faz uma esteira na academia, ou enquanto está no banheiro (sim, tem gente que demora no “trono” …rsrs), ou enquanto prepara e faz um lanche sozinho(a) na cozinha, ou enquanto faz um lanche/almoça sozinho(a) num restaurante ou lanchonete. Todo 10 minutos pra fazer uma coisa aqui, 15 minutos pra fazer outra coisa alí, ou meia hora pra ir de um local a outro – todos esses momentos devem ser aproveitados para treinar os seus ouvidos no início do seu aprendizado/ treinamento.

Você quer ser fluente em inglês, mas no seu dia-a-dia não consegue arranjar tempo suficiente para treinar com filmes ou seriados? Esse é o problema de NOVE ENTRE DEZ dos meus alunos, e eu resolvo assim pra eles:

Em vez de filmes/seriados, no início, use ÁUDIO TEXTOS curtos + seu celular/pendrive/mp3 player + fones de ouvido diariamente durante seus momentos não-produtivos.

Siga os 3 passos abaixo:

  1. Baixe o áudio (mp3) e o texto (salve em arquivo Word). Links disponíveis no item 3 logo abaixo.
  2. Traduza o texto antes de dar play no áudio! Primeiro, configure o idioma do seu Google para INGLÊS. Use o Google Tradutor (inglês-português) & Urban Dictionary + Google Search (inglês-inglês). Você PODE CONFIAR na pronúncia oferecida tanto pelo Google Tradutor quanto pelo Google Search.
  3. Se exponha dezenas de vezes ao mesmo áudio texto no mesmo dia. Não comece a treinar com um segundo áudio texto antes que tenha literalmente DECORADO o áudio – e o texto – do primeiro.

Outra coisa que você pode ADICIONAR – apenas nos primeiros 6 meses – à sua rotina diária é IR DORMIR MEIA HORA MAIS TARDE e ACORDAR MEIA HORA MAIS CEDO e utilizar esses 60 minutos extras para se dedicar à tradução do texto e à exposição ao áudio do áudio texto com o qual você está treinando.

*IMPORTANTE: Não é pra ouvir por ouvir – é pra ouvir prestando atenção e compreendendo a pronúncia! Você vai se surpreender com os resultados.

Onde Encontrar Áudio Textos & Podcasts?

Diálogos:

http://www.elllo.org/archive/ (diálogos espontâneos – Inglês Autêntico)

http://www.rong-chang.com/ (diálogos lidos)

Histórias

Qual é a diferença entre MATERIAL AUTÊNTICO e MATERIAL DIDÁTICO?

Sempre dê preferência a MATERIAL AUTÊNTICO. Dos links acima, o único material autêntico é proporcionado pela ELLLO.ORG e seu enorme acervo de material gratuito e também pago.

Material didático é o material produzido exclusivamente para a SALA DE AULA. Os textos são mais simples e os áudios são mais lentos. Normalmente não há um contexto a ser seguido. Estuda-se vocabulários soltos, sem ordem. Nem sei porque chamam isso de “didático”, pois de didático não tem NADA.

Já o material AUTÊNTICO é coletado/produzido em situações ESPONTÂNEAS. Os textos do material da ELLLO.ORG são escritos DEPOIS que os áudios são gravados. São áudio textos curtos (média de 3:30 minutos) sem script e sem ensaio, onde duas pessoas só ficam sabendo sobre qual assunto vão conversar NA HORA DE GRAVAR e elas não recebem nenhum script, apenas o tópico da rápida conversa. Assim, você tem a sua disposição um inglês natural onde as pessoas mudam de idéia NO MEIO DE UMA SENTENÇA utilizando “quero dizer”, ou simplesmente cortando uma frase para trocá-la por outra dentro do mesmo contexto. Isso tudo são coisas AUSENTES em diálogos scriptados e/ou ensaiados. E é EXATAMENTE ESSE tipo de material que você procura.

Outros exemplos de materiais autênticos são TUDO (vídeo, áudio ou leitura) que americanos produzem para o grande público americano, e britânicos produzem para o grande público britânico. Tudo mesmo, rádio, TV, filmes, documentários, livros, jornal, aulas de universidades postadas no YouTube, etc, etc… a lista é enorme.

Posso Treinar Com Música?

No começo, não é indicado!

Mas por que não? Por dois motivos simples:

  1. Muito do vocabulário e da forma de expressão utilizados em letras de música não correspondem à realidade do inglês falado quando comparados aos materiais encontrados em áudio textos e em podcasts.
  2. Temas de letras de música não variam muito, então, após trabalhar com um pequeno número delas, você já percebe que o vocabulário se torna bastante repetitivo e não há muitas palavras novas para aprender nelas.

Comece com músicas apenas depois da fase dos áudio textos, e a melhor coisa que você pode fazer é escolher TRÊS de suas músicas favoritas mais extensas (e com letras que fazem sentido) e devorá-las…. até sabê-las de cor e salteado, de frente pra trás e de trás pra frente. Eu fiz isso com:

  1. Dogs (Pink Floyd) 17:06min
  2. Thriller (Michael Jackson) 5:50min
  3. The Rime of the Ancient Mariner (Iron Maiden) 13:40min

Decorei até aquela narração do Vincent Price no meio da música do Michael Jackson. E até HOJE sei cantar todas as 3 músicas. Letras do tipo de ‘Dogs’ e ‘Wish You Were Here’ (Pink Floyd) dão um boost enorme no seu vocabulário e na sua PRONÚNCIA.

O Que Está Acontecendo Quando Você, No Começo Do Seu Aprendizado, Está Treinando Com Áudio Textos?

É simples: você está iniciando a sua COLEÇÃO DE MEMÓRIAS SONORAS, a sua coleção de FRASES PRONTAS, assim como TODOS os bebês do mundo fazem ao se exporem aos mesmos sons (palavras e frases) DIARIAMENTE, durante o DIA INTEIRO. Sim, no dia-a-dia, muitas situações são repetidas (café da manhã, almoço, trabalho, escola, etc…) e, conseqüentemente, falamos mais ou menos as mesmas coisas quando a mesma situação se repete. O bebê fica exposto a essas conversas dos seus familiares todos os dias, onde quer que estejam.

Nós não inventamos nem “montamos” frases quando conversamos. Nós proferimos frases e orações que chegam até nossa boca a partir de memórias de SONS e MELODIAS.

Por exemplo, fale o seu nome completo o MAIS RÁPIDO POSSÍVEL. Anda! Fala em voz alta e MUITO RÁPIDO! Falou? OK, agora, na mesma velocidade, fale o seu nome completo DE TRÁS PRA FRENTE! Se o seu nome completo tem mais de 3 palavras – e também possui preposições ‘de’, ‘da’ou ‘do’ no meio dele – fica bem complicado pra você repetir a façanha. POR QUE? Porque para falar o seu nome de trás pra frente você utiliza uma parte do teu cérebro que cuida de memórias VISUAIS de quando você leu o seu próprio nome em algum documento seu ou quando você mesmo escrevia ou digitava o seu próprio nome em algum lugar. Já na hora de falar o seu nome completo na seqüência NORMAL, você utiliza um local do seu cérebro que cuida de memórias de SONS & MELODIAS, e essa área do teu cérebro é muito mais eficiente e mais rápida do que a de memórias visuais.

Você está MUITO acostumado à MELODIA do teu nome falado na seqüência certa, por isso, até mesmo completamente BÊBADO você consegue repeti-lo rapidamente. Já DE TRÁS PRA FRENTE, a ÚNICA memória que você tem é a de quando você o LEU em algum lugar, não ouviu – e esse é o motivo pelo qual fica mais lento pra falar.

Isso não acontece apenas com o seu nome. Isso rola com TODAS AS FRASES mais usadas no dia-a-dia. Você se lembra da MELODIA delas e repete automaticamente, sem pensar, tal qual você fala o seu nome completo rapidinho na hora que quiser. Foi assim que você aprendeu o seu português, e é EXATAMENTE assim que vai aprender o inglês.

Treinando Com “Junk Reading” (E “Junk Movies & Videos”)

Se você não está acostumado a ler, treine com textos bem menores e que sejam TOTALMENTE ATRAENTES pra você. Não importa se não é um texto “de qualidade”. O que importa é você SE DIVERTIR no treinamento. Então pegue textos de revistas de fofoca mesmo se for o caso, de revistas em quadrinhos. TODO TIPO DE TEXTO vai te ajudar no seu treinamento! Não tenha preconceitos.

Se você não suporta filmes complexos ou dramáticos, treine com filmes populares e vídeos de futilidades mesmo! QUAL O PROBLEMA? Você aprende vocabulário em TODAS as fontes, nas ditas “de qualidade” e TAMBÉM nas ditas populares ou “de baixa qualidade”. O que REALMENTE IMPORTA é que sejam tópicos TOTALMENTE ATRAENTES pra você. O que importa é a DIVERSÃO durante o treinamento.

Treinando Com Filmes, Seriados & Documentários E Vídeos Em Geral

Passada a fase inicial, a fase dos áudio textos, você pode incluir filmes, seriados, documentários e vídeos em geral no seu treinamento diário. Uma das atividades mais poderosas que você pode realizar é “DECORAR” UM FILME – ou um documentário.

É melhor com filme porque filmes têm começo, meio e fim, diferentemente de um seriado. Essa é a técnica mais usada pelas crianças. Uma criança assiste DEZENAS DE VEZES o mesmo filme ou desenho/animação. Ela faz isso de maneira tal que já sabe exatamente o que a personagem vai falar antes mesmo da personagem abrir a boca. Você pode fazer isso com método. PAUSANDO o filme EM TODA LEGENDA e REPETINDO A MESMA 5 VEZES …no mínimo!

 Faça o que descrevo abaixo com CADA LEGENDA que aparecer na tela:

1ª vez – assim que a legenda da vez aparecer na tela, pause o filme – ou documentário – e traduza TODAS AS PALAVRAS que você não conhecer.

2ª vez – volte no começo da mesma legenda, dê PLAY e agora preste atenção ao ÁUDIO também enquanto acompanha a legenda com os olhos.

3ª vez – volte no começo dela de novo, mas agora RETIRE A LEGENDA, dê PLAY e preste atenção no áudio e na cena.

4ª vez – volte no começo dela de novo e REPITA EM VOZ ALTA o que é dito.

5ª vez – volte no começo dela de novo e agora ARREMEDE, IMITE a voz da personagem (“shadowing”) enquanto repete em voz alta.

Quando você chegar ao meio do filme, perceberá que, como a grande maioria das palavras está sendo REPETIDA, seu trabalho agora cai pela METADE, mas é possível ficar até 30 minutos em cada legenda no INÍCIO do seu treinamento se você começar com filmes, por isso é melhor se preparar com os ÁUDIO TEXTOS no começo da sua jornada.

Ao chegar ao fim do filme, volte e assista o mesmo POR INTEIRO agora, SEM LEGENDA. REPITA mais algumas vezes. Isso demora um pouco, mas é FANTÁSTICO pro seu desenvolvimento.

Observações:

  • Costuma-se repetir o 3º passo mais vezes do que os outros passos.
  • Com exceção do primeiro, todos os passos podem – e devem – ser repetidos várias vezes.
  • O número elevado de repetições faz com que seja FUNDAMENTAL que você escolha um filme pelo qual você seja APAIXONADO!
  • O melhor programa para fazer isso no seu PC ou no seu notebook é o ‘VLC MEDIA PLAYER’ (aquele do conezinho laranja e branco) devido a sua capacidade de voltar/adiantar o filme de 3 em 3 segundos e também de poder preencher toda a tela do monitor!

Eu já decorei VÁRIOS filmes, mas os mais divertidos foram:

  • PAYBACK (O Troco) com Mel Gibson;
  • ME, MYSELF & IRENE (Eu, Eu Mesmo e Irene) com Jim Carey;
  • ANALYZE THIS (“Máfia no Divã”) com Robert De Niro;
  • THE FEARLESS VAMPIRE KILLERS (“A Dança dos Vampiros”) de Roman Polanski.

Transformando O Youtube Em Sua Nova Tv!

Parei de assistir TV no final da década de 90. Mesmo antes de começar a usar a internet eu já não assistia mais TV aberta nem a cabo. Adorava uma LOCADORA DE VÍDEO!

Sou inscrito em mais de 150 canais no YouTube – TODOS EM INGLÊS, claro. Cada canal tratando de um assunto do meu interesse em diversas áreas de pesquisa, estudo e entretenimento.

Tanto o conteúdo dos vídeos quanto a seção de comentários dos vídeos do YouTube são excelentes formas de adquirir vocabulário, principalmente porque a grande maioria oferece legendas em inglês… e você pode pausar e voltar quantas vezes quiser, baixar os vídeos, etc.

Essa mudança, de TV para YouTube, também foi fundamental para o meu treinamento. Não há absolutamente NADA que a TV te ofereça que o YouTube não faça mil vezes melhor. Filmes? NETFLIX e sites diversos. TUDO EM INGLÊS, of course!

‘Exposição Por Aproximação’ (Salpicando Mais Inglês No Seu Dia-A-Dia)

Como fica difícil se expor ao inglês da mesma forma e intensidade que você se expunha ao português quando era bem pequeno, tente APROXIMAR ao máximo a sua exposição com a exposição que você experienciou ao aprender o seu português quando era bebê.

  1. Configure o seu CELULAR, suas caixas de e-mail, seu facebook, seus aplicativos e programas de computador TODOS para INGLÊS.
  2. Se você trabalha, ou estuda, ou interage online por video chat, ou mora com alguém que fala inglês, interaja sempre em inglês com essa pessoa.
  3. Se você mora só e faz listas de compras, comece a escrever TUDO em inglês nessas listas.
  4. Se você joga video games, configure-os para INGLÊS sempre que possível.
  5. Se você gosta de TV a cabo, configure para inglês TUDO QUE FOR POSSÍVEL, inclusive eventos esportivos e noticiários.
  6. Procure recuperar a CURIOSIDADE que você tinha quando era criança. Ande na rua – e pela sua casa – olhando para as coisas e se perguntando: “Como que eu falo isso em inglês?